Tabelas alimentares: conheça as principais e saiba por que usá-las em seu consultório

tabelas alimentares


O nutricionista precisa estar a par dos valores nutricionais de cada alimento para poder criar e acompanhar a dieta dos pacientes da melhor maneira possível. Mas isso não quer dizer que o profissional tem que saber todas essas informações de cor. 

Tabelas alimentares são ferramentas importantes para auxiliar o nutricionista, pois são uma espécie de manual com informações sobre a composição de cada alimento, mostrando a concentração de nutrientes e calorias presente neles. 

Como as necessidades nutricionais variam de acordo com cada pessoa, adequar os alimentos e seus grupos alimentares é essencial para obter uma alimentação balanceada.  Com o apoio desses bancos de dados é possível saber mais detalhes sobre determinado alimento e verificar se ele é apropriado ou não para a dieta do paciente. 

Mas você sabe quais são as tabelas alimentares mais utilizadas? Reunimos neste texto  mais detalhes sobre as principais bancos de dados que auxiliam os profissionais de nutrição na hora de criar a dieta de um paciente: a Tabela de Composição Alimentar (TACO) e a Tabela de Composição Nutricional dos Alimentos Consumidos no Brasil, desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Tabela de Composição Alimentar (TACO)

A Tabela de Composição Alimentar (TACO)  foi criada em 2004 através de uma parceria entre a UNICAMP e o Governo Federal. A quarta edição da tabela, atualizada em 2011, conta com com 597 itens, como cereais, frutas, verduras, gorduras, óleos, leite, bebidas, miscelâneas, e muitos outros que ajudam os nutricionistas para gerenciar as dietas de pacientes.

Neste banco de dados são encontrados os alimentos mais consumidos no Brasil e seus respectivos com componentes e nutrientes. 

A Tabela de Composição de Alimentos auxilia os nutricionistas na hora de manter um controle de qualidade dos alimentos e serve como guia para montar as dietas de casos bem específicos. Além disso, serve como referência para realizar o cálculo da tabela nutricional da refeição de forma balanceada.

Acesse a Tabela de Composição Alimentar (TACO)

Tabela de Composição Nutricional dos Alimentos Consumidos no Brasil

A Tabela de Composição Nutricional dos Alimentos Consumidos no Brasil foi criada pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Estatística em parceria com o Ministério da Saúde, entre os anos de 2008 e 2009. A tabela reúne as informações nutricionais de mais de 2000 alimentos consumidos pelos brasileiros.

Nesta tabela são identificados os componentes, como energia, macronutrientes e fibra, além de gorduras, minerais e vitaminas presentes. A validação desses dados foi feita por uma equipe de nutricionistas. 

Por meio da tabela o nutricionista pode verificar o valor nutricional dos alimentos e elaborar uma dieta de acordo com as necessidades do paciente.

Confira a Tabela de Composição Nutricional dos Alimentos Consumidos no Brasil

Conclusão

Como vimos é essencial que o nutricionista consulte as tabelas no momento de criar o plano alimentar. Elas servem de referência para elaborar a dieta mais adequada para o paciente. Para facilitar o trabalho dos nutricionistas, sistemas como o Nutrifique, por exemplo,  oferecem as duas tabelas de composição alimentar em seu software, o que facilita a consulta da composição dos alimentos. 

Ficou com alguma dúvida ou ainda não conhece o Nutrifique? Entre em contato com a gente para saber mais informações.

Posts relacionados:

Abrir o chat
Fale conosco